BH: 31 3516-6500 | SP: 11 3512-9306
Área do Cliente

Store
Bandeira Estados Unidos

Ineficiência dos colaboradores: um dos principais problemas nas empresas

Combater a ineficiência no ambiente corporativo é um tema bastante delicado. Pensando nisso, listamos algumas atitudes que podem otimizar a relação tempo de trabalho vs produção

Combater a ineficiência no ambiente corporativo é um tema bastante delicado. Pensando nisso, listamos algumas atitudes que podem otimizar a relação tempo de trabalho vs produção.

Um dos maiores desafios para os executivos é aumentar a eficiência de seus colaboradores. Segundo dados de uma entidade americana especialista em pesquisas sobre o mundo corporativo, Conference Boar, os brasileiros produziram, em 2013, uma média de US$ 10,8 por horas trabalhas, menor valor dos países latino-americanos.

Fatores que contribuem para esta baixa na produção no Brasil é um tema de amplo debate e ainda não possui consenso entre os especialistas: eles podem variar de acordo com a empresa. Porém existem aspectos que podem ser mudados para otimizar a relação tempo de trabalho vs produção. Confira:

Aumentar o tempo de trabalho não significa aumentar a produção

Sentar na cadeira e ficar lá pelas oito horas de trabalho não é a maneira mais produtiva de para cumprir as tarefas do dia a dia. Segundo o coautor do livro “Emotional Intelligence 2.0” (Inteligência Emocional 2.0), Travis Bradberry, o ideal é organizar o trabalho em blocos de aproximadamente 52 minutos, seguidos de 17 minutos de descanso.

A pesquisa feita por Bradberry mostrou que quem cumpria esse ritmo de produção atingia um nível altíssimo de concentração e, durante o período de uma hora, eles estavam 100% focados no serviço, sem se distrair.

Uso da tecnologia e redes sociais

Ao contrário do que vários executivos, o uso das redes sociais no trabalho pode aumentar a produtividade. Uma pesquisa feita pela Warwick Business School, no Reino Unido, mostra que ferramentas como Facebook,(embedar link: http://marketingdeconteudo.com/facebook/) Twitter, LinkedIn ou Skype (imbedar link: http://marketingdeconteudo.com/investir-em-redes-sociais/) facilitam e agilizam conversas entre os colaboradores e até mesmo com os clientes.

Os pesquisadores apontam que “a conectividade digital deve ser vista não como uma interrupção indesejável, mas, sim, como uma mudança de mentalidade do mercado de trabalho que precisa ser parte do dia a dia das organizações”.

Comunicação interna

A retenção de informações importantes e/ou estratégicas é apontada como uma das principais causas para a improdutividade dos colaboradores.

Segundo pesquisa realizada pelo instituto Proudfoot Consulting, a falta de comunicação interna é o principal entrave para a produtividade nas empresas do Brasil.

A professora e especialista em comunicação empresarial, Margarida Kunsch, afirma que “antes de ser um empregado, o indivíduo é um ser humano e um cidadão. Portanto, não pode ser visto apenas como alguém que vai “servir ao cliente”.

Ele atua num ambiente organizacional formado por pessoas que buscam interagir em virtude da consecução dos objetivos gerais das organizações”.

Colaboradores desmotivados

Um colaborador motivado sempre produzirá além do esperado. Pensando nisso, empresas de tecnologia tem-se destacado na maneira de organizar o ambiente de trabalho para melhorar a convivência.

Salas com TV, videogame, sinuca, sofá e entre outros, tem contribuído para aumentar a satisfação e, consequentemente, a produção dos colaboradores. Iniciativas como estas também beneficiam as corporações, pois, segundo empresários, os números de pedidos de demissão reduziram em até 50%.