BH: 31 3516-6500 | SP: 11 3512-9306
Área do Cliente

Store
Bandeira Estados Unidos

Aumento de produtividade na empresa: empreenda com motivação

O aumento de produtividade na empresa é conquistado através da eficiência daqueles que compõem essa empresa. Já dizia Steve Jobs: "meu modelo de negócio são os Beatles. Eles equilibravam um ao outro, e o total era maior do que a soma das partes. É como eu vejo os negócios: grandes coisas em termos de negócios nunca são feitas por uma pessoa. São feitas por uma equipe de pessoas".

O aumento de produtividade na empresa é conquistado através da eficiência daqueles que compõem essa empresa. Já dizia Steve Jobs: “meu modelo de negócio são os Beatles. Eles equilibravam um ao outro, e o total era maior do que a soma das partes. É como eu vejo os negócios: grandes coisas em termos de negócios nunca são feitas por uma pessoa. São feitas por uma equipe de pessoas”.

E, por isso, se você anseia pelo aumento de produtividade na empresa, é imprescindível o zelo por sua equipe. A motivação profissional e o trabalho estão inteiramente relacionadas uma com a outra.

Desse modo, sabemos que a satisfação e atitude de nossos colaboradores têm efeito significativo e até crucial sobre o nosso negócio.

Quando oferecemos um serviço ou produto ao mercado, queremos satisfazer a necessidade do outro e tornar a sua vida mais prática. O que diz a seu respeito se você não se preocupa em oferecer praticidade aos seus próprios colaboradores?

Preocupar-se com o aumento de produtividade na empresa não é o primeiro passo que você deve dar nessa estrada, mas sim prestar atenção em seus colaboradores.

Você se preocupa com sua equipe e com o aumento de produtividade na sua empresa? Então não deixe de continuar lendo este texto! Aqui você vai aprender dicas que vão te ajudar a identificar seus colaboradores desmotivados e a importância em motivá-los outra vez.

Aumento de produtividade na empresa: linha de largada

Ter uma equipe que acredita em seu negócio gera uma forte conexão entre os dois lados. Mas será que esse é o único ponto a ser considerado? Quando falamos que “o total é maior que a soma das partes”, precisamos compreender que ainda assim cada pessoa é importante.

Na certa você já se deparou com colaboradores desmotivados e, em algum momento, não soube o que fazer para reverter esse quadro, não é mesmo? Mas não se desespere. É natural e, de certo modo, todos nós passamos por isso.

Para contornar essa situação, eis o primeiro passo: preocupar-se.

Sim. Ignorar a desmotivação de um, dois ou três colaboradores em uma grande empresa pode até não trazer tantos pontos negativos aparentes à imagem daquele lugar. Contudo, todos nós conhecemos a parábola da maçã podre, certo?

Um colaborador muito desmotivado pode ser responsável por desmotivar outros muito mais. Afinal, há uma equipe envolvida nesse processo.

Ainda assim – mesmo que não haja a contaminação naquele lugar, zelar pelo bem estar de um colaborador é responsabilidade de uma empresa forte em personalidade, ambiciosa e estratégica.

Além do mais, fazer o bem nunca é demais.

Colaborador desmotivado, empresa impróspera

Todos somos cheios de sonhos e expectativas. Talvez alguns tenham mais dificuldade em externalizar o quão ambiciosos são, mas mesmo assim todos buscamos por algo, seja por:

• Realização profissional,
• Realização pessoal,
• Uma carreira, ou
• Crescimento intelectual.

Mas também a aquisição de uma casa, um carro, fraldas para o seu bebê e até aquela viagem planejada muitos anos atrás.

Vamos ser sinceros: muitos gostariam de conseguir realizar parte desta lista sem a obrigação de se dedicar horas a fio em uma empresa a trabalho. Apesar disso, é praticamente impossível sustentá-los sem trabalhar.

O negócio é que ainda há muitas variáveis que desmotivam uma pessoa que precisa trabalhar, como, por exemplo:

• Deslocamento;
• Ter um erro apontado em tudo o que faz;
• Não ter suas opiniões e criatividade valorizadas;
• Não ter reconhecimento em seus acertos;
• Ser criticado na frente de outras pessoas;
• Processos repetitivos e exaustivos o tempo inteiro.

Em outras palavras, trabalhar em um ambiente desencorajador compromete o bem estar e a relação entre empresa e colaborador – sobretudo a produtividade.

Consequências

Além do bem estar dos funcionários, a motivação também é importante para o bom andamento de toda e qualquer atividade.

Profissionais desmotivados geralmente têm sua performance comprometida, e, consequentemente também sua produtividade e resultados apresentados.

Há também o grande risco de o colaborador não criar vínculo com a organização. Quando isso acontece, o profissional acaba realizando apenas o essencial, ou seja, exatamente aquilo que foram pagos para fazer. Não se preocupando nem em ampliar sua visão, muito menos com o desenvolvimento da empresa.

Reconhecendo um colaborador desmotivado

Não é tão difícil encontrá-lo: é comum que falte mais ao trabalho, tenha baixo rendimento em sua produção e também em sua qualidade nos afazeres.

Para piorar, ele ainda oferece sérios riscos de contágio às pessoas a sua volta com a toda essa atitude negativa. O aumento de produtividade na empresa fica comprometido.

Então é possível medir e aumentar a satisfação e felicidade de um colaborador, para que ele possa consequentemente, aumentar a produtividade da sua empresa, bem como o seu próprio lucro?

E se você conseguir tornar o ambiente e a prática do trabalho algo prazeroso e não somente necessário?

Colaborador motivado, empresa próspera

As razões que levam o colaborador a se sentir mais satisfeito e feliz em um ambiente de trabalho, e ser mais dedicado, automaticamente contribuindo no aumento de produtividade na empresa, são inúmeras.

Segundo o consultor e diretor do Grupo Wiesel, Gilberto Wiesel, “motivar é respeitar a individualidade das pessoas, é entender o que realmente é importante para ela e, a partir dessa identificação, proporcionar os mecanismos para atingi-la”.

Cada colaborador possui expectativas e valores diferentes que dificulta encontrar uma única forma de agradar a todos no quesito “motivação”.

Até pouco tempo atrás, acreditava-se que apenas o retorno financeiro fosse responsável por trazer felicidade e satisfação ao profissional. Hoje em dia, no entanto, percebemos que a maioria opta por qualidade de vida, e entendem que de nada adianta ter um bom salário se o relacionamento e vivência na empresa não for agradável.

Por isso, é importante que sua empresa disponha de uma boa liderança e da preocupação individual e como um todo.

Empreenda com motivação

É necessário que, antes de tratar uma equipe por equipe, cada colaborador seja reconhecido por sua individualidade. A felicidade dos colaboradores está diretamente ligada ao aumento de produtividade na empresa.

Fique atento aos seus colaboradores. Muitas empresas perdem grandes membros de sua composição, ao não notá-los. Os primeiros compradores de suas ideias devem ser aqueles que o ajudam a difundi-la.

E se você pensa que essa é uma prática de difícil aplicabilidade, precisa conhecer o PrimeBuilder. Introduzi-lo em sua equipe fará toda a diferença no engajamento do seu processo de otimização.