BH: 31 3516-6500 | SP: 11 3512-9306
Área do Cliente

Store
Bandeira Estados Unidos

4 dicas para empreender em tecnologia sem saber programar

Muito se fala em empreendedorismo e das vantagens de ser o próprio chefe, fazer seus horários e investir naquilo que você realmente acredita. É bastante comum ter dúvidas em relação a se tornar um empreendedor.

Muito se fala em empreendedorismo e das vantagens de ser o próprio chefe, fazer seus horários e investir naquilo que você realmente acredita. É bastante comum ter dúvidas em relação a se tornar um empreendedor.

O primeiro passo é ter visão estratégica, saber tomar decisões e assumir responsabilidades. Ser dono do próprio negócio não é contratar pessoal e deixar que eles façam. Você precisa ter a consciência de que isso envolve muito trabalho e dedicação para chegar no topo.

Os grandes empreendedores são os que sabem onde querem chegar e se entregam, fazendo de tudo para ser um projeto de sucesso.

As tecnologias da informação e o desenvolvimento de sistemas facilitam na identificação de um novo produto ou serviço que você possa investir e começar a empreender. O problema é que saber programar e criar um software é bem complexo.

Entender sobre empreendedorismo é mais simples que aprender a programar, por isso, vamos te dar algumas dicas para você se tornar empreendedor no ramo da tecnologia sem saber programar.

1. Tenha o perfil empreendedor
Empreendedorismo está ligado ao sonho de muita gente. E se você decidir por encarar esse desafio, será uma completa mudança de vida, e já te adianto, não é moleza.

Antes de começar a empreender você precisa ter certeza de que vai investir tempo e dinheiro no seu projeto. Tem que ter muita vontade e não medir esforços para fazer dar certo. Empreendedorismo não é um dom natural, é uma técnica que se desenvolve com tempo e prática.

Listamos as 5 características indispensáveis para um empreendedor:
• Definir objetivos claros
• Planejar estrategicamente
• Monitorar e acompanhar os processos
• Persistir e aprimorar
• Saber delegar tarefas

2. Tire as ideias do papel
De nada adianta acreditar no empreendedorismo e não estudar a fundo sobre sua ideia. Enquanto você pensa em propor um projeto ideal, pode ter certeza que tem alguém já testando e fazendo acontecer esse mesmo projeto.

Você não pode ficar de braços cruzados esperando a ideia chegar pronta, por meio de pesquisas você vai testando as possibilidades até acertar e alavancar seu negócio. Mensure os pontos positivos e negativos e analise a viabilidade de colocar o projeto para andar.

O bom empreendedor, além de fazer pesquisas constantes, deve estar por dentro de tudo que acontece no seu mercado de atuação. Busque conhecimento e participe dos principais eventos do seu segmento.

Veja 3 maneiras de inovar em negócios de tecnologia. Basicamente, você deve saber sobre as tendências e tudo que está sendo discutido no momento. Aprender com os erros e acertos dos outros contribui com insights para implementar seu projeto.
3. Use as ferramentas certas
Agora que você já sabe as habilidades fundamentais de um empreendedor, precisa conhecer os próximos passos para tirar seu projeto do papel. Muitas ideias inovadoras dizem respeito a criação de plataformas para celulares, tablets, etc.

Esses aplicativos são muito comuns nas startups, uma vez que propõem, por exemplo, novos meios de interação social ou novos serviços. Hoje em dia existem algumas ferramentas que te ajudam a criar um esboço do aplicativo e até mesmo fazer ele funcionar usando templates já existentes.
Como a relação entre empreendedorismo e tecnologia implica também na criação e desenvolvimento de aplicativos, vamos te mostrar algumas ferramentas que serão seu suporte nos primeiros passos como empreendedor.

O Invision é ótimo para quem está começando, pois possui muitos recursos visuais e de interação para você criar seu aplicativo. Esse site é voltado para criar protótipos de sistemas tanto para computadores, quanto para dispositivos móveis. Na proposta de interação, você consegue testar a interface usando gravação de áudio e vídeo.

Outra ferramenta para criar os protótipos é o Marvel. É parecido com o site anterior, mas em uma versão simples e fácil de usar. Você vai precisa logar junto com sua conta do Dropbox ou do Google Drive.

4. Faça acontecer
Fazer acontecer é o empreendedorismo na prática. A dica mais importante é não deixar para amanhã. Procrastinar não é característica de um empreendedor, pode ter certeza disso.

Faça pesquisas de mercado, recolha informações para seu projeto, e comece a fazer testes. Você só vai saber se sua ideia funciona ou não depois de colocá-la na prática.

Colocar um projeto de tecnologia para funcionar não é uma tarefa simples. Você vai precisar estudar sobre design e linguagens de programação. Sem contar o tempo investido para inserir o aplicativo nas lojas virtuais de aplicativos.

Se você não souber programar, possivelmente quando for solicitar que alguém desenvolva seu projeto, pode ser que essa pessoa não consiga reproduzir da mesma forma que está na sua mente.

Navegando pela internet você vai encontrar muitas outras ferramentas, além dessa que citamos acima, que servirão de suporte para seu projeto dar os primeiros passos. É importante lembrar que todos aplicativos precisam de ajustes a medida em que é testado.

O que vai definir se eu projeto será ou não um sucesso é a sua vontade de fazer com que ele se destaque. Ter atitude e correr atrás das oportunidades são habilidades de um empreendedor com visão estratégica.

Você precisa ter iniciativa, persistência e comprometimento com o seu negócio. Outra dica importante é fazer listas para direcionar tudo que você precisa fazer em relação aos investimentos. Coloque no papel todos os centavos que pretende investir no projeto.

Com essas 4 dicas você já pode colocar em prática seu projeto e ser um empreendedor. Veja também 5 dicas para ser um empreendedor de sucesso.

Você é empreendedor de tecnologia? Queremos saber sua opinião! Compartilhe com a gente nos comentários o que você tem feito para ter sucesso no seu negócio.